Teatro: “Corações ao Alto”

Data: 6 novembro 2020

Horário: 20h45

Local: Live Streaming no Facebook da Câmara Municipal de Vila do Conde

Teatro: “Corações ao Alto”

“Coração ao alto” diz Pedro a Lelito no primeiro volume d’”A Velha Casa”, como quem poderia dizer: «coragem», ou, «segue o coração e tudo se há de resolver». É com esta atitude que, um grupo de jovens junta-se para olhar José Régio, meio século após a sua morte. Todos sabem quem ele é mas ninguém conhece realmente a obra para além do nome. Há 50 anos caminhou nas ruas de Vila do Conde e agora é um monumento.

O que faz de uma pessoa um monumento?

Há 100 anos José Régio tinha 19 anos, tal como o grupo de atores, começava a dar os primeiros passos na vida adulta. A sua obra é diversa e extensa, reflecte o tempo em que viveu, mas os seus assuntos são intemporais, pois continuam a falar ao nosso tempo. No mundo actual marcado por guerras e regimes ditatoriais, mudanças políticas, sociais, ideológicas, psicológicas e espirituais, quem são estes jovens do séc. XXI que se encontram à volta de José Régio à procura da sua expressão sincera? O que terão a dizer?

Ficha Técnica:

Dramaturgia e Encenação: Júlia Rodrigues

Revisão Dramatúrgica: Mariana Teixeira

Figurinos e Caracterização: Ana Catarina Silva

Cenografia: Júlia Rodrigues

Desenho de Luz: Nelson d’Aires e Júlia Rodrigues

Fotografia e Vídeos: Nelson d’Aires

Interpretação: Eduardo Rodrigues, Emanuel Santos, Joana Salazar, Júlia Rodrigues, Sofia Seara, Vítor Silva

Direção de produção: Maria José Teixeira

produção executiva: Júlia Rodrigues

Coorganização: Câmara Municipal de Vila do Conde e Camaleões d’Alma

Agradecimentos: Rancho das Rendilheiras da Praça de Vila do Conde, Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde, Centro de Reabilitação de Touguinha, ADCR das Caxinas e Poça da Barca, Sérgio Silva

Comments are closed.

Teatro: "Corações ao Alto" | José Régio | Evocação dos 50 anos da sua morte