Entre Linhas – Exposição Documental e Bibliográfica

A mostra documental e bibliográfica, José Régio: Entre Linhas, patente na Biblioteca Municipal José Régio – Vila do Conde, de 19 de outubro a 14 de dezembro de 2019, apresenta a totalidade das primeiras edições da obra do poeta e literato vila-condense , contando com cerca de 41 títulos organizados cronologicamente, nos quais o público pode ainda encontrar um conjunto significativo de dedicatórias a familiares e amigos pelo punho do próprio autor.

Contará ainda com os estudos para principais capas dos vários livros e a reprodução dos desenhos do autor para o volume de poesia Poemas de Deus e do Diabo.

 

Citação de José Régio

 

As vezes escrevo trechos dum jacto (por exemplo: Cântico Negro, outros poemas, certos diálogos das peças, etc.) que depois refundo pouco. Outras vezes com vagar, já corrigindo à medida que vou escrevendo, e ainda refundido depois. Geralmente releio, de quando em quando, o que vai ficando escrito, e quase sempre corrijo. Sucede isto principalmente em obras de ficção romanescas; mas também com vários poemas. A Sarça Ardente, por exemplo, foi tão refeita que estive para a destruir: Parecia-me já nada poder haver de Poesia numa coisa tantas vezes retomada e tão penosamente levada a cabo. Como se trata sempre de manuscritos, (não sei escrever à máquina; tenho mandado passar à máquina um ou outro trecho – raro – mas só depois de tido por definitivo) passo a limpo tudo o que escrevo. Acontece-me passar a limpo várias vezes. Neste acto de passar a limpo, sempre vagaroso, por um lado enriqueço muito o manuscrito anterior (ao menos é o que julgo) por outro corto e substituo bastante. Quase sempre, pelo menos em prosa, procuro a densidade e o relevo na simplicidade. Na poesia (sobretudo dos primeiros livros) e no teatro abandono-me bem mais. Variadíssimos trechos foram escritos muitas vezes. Alguns destes parecerão os mais banais ao leitor vulgar. Sempre tenho vindo aumentando de exigência quanto ao rigor e à concentração da escrita.

José Régio

Inquérito

INCM: Biblioteca de Autores Portugueses

 

Comments are closed.